CotidianoMaranhãoPolítica

Vereador Honorato Fernandes, Presidente da CDH da Câmara de São Luís acompanha tragédia no Mato Grosso

De forma cruel, todos foram executados com tiro na nuca, supostamente por seguranças da empresa responsável pela obra e com ajuda de policiais militares, um inclusive já foi preso na segunda feira(07), no caso o soldado da PM - Hamilton Caires Linhares, lotado na Companhia de Operações Especiais(COE).

O vereador Honorato Fernandes(PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara Municipal de São Luís, tem acompanhado de perto a tragédia ocorrida na localidade Mato Grosso, que culminou no assassinato do jovem Gustavo Feitosa Moroe, 18 anos, e dos adolescentes Joanderson da Silva Diniz, 17 anos e Gildean Castro Silva, 14 anos.

De forma cruel, todos foram executados com tiro na nuca, supostamente por seguranças da empresa responsável pela obra e com ajuda de policiais militares, um inclusive já foi preso na segunda feira(07), no caso o soldado da PM – Hamilton Caires Linhares, lotado na Companhia de Operações Especiais(COE).

Os corpos das vítimas foram encontrados na sexta feira (04), por moradores dentro de um matagal, próximo a uma área onde está sendo construídas residências do projeto Minha Casa, Minha Vida, naquela comunidade. Desde que tomou conhecimento do ocorrido, o vereador prestou todo o apoio necessário.

Esteve no IML acompanhando a liberação dos corpos e intercedeu junto aos órgãos municipais para liberação dos caixões, além das demais providencias necessárias para o sepultamento, que foi marcado por muita dor e comoção.

”Essa foi uma tragédia sem precedentes, e que abalou toda aquela comunidade. Na verdade fui procurado pelo família do adolescente de 17 anos, e demais moradores da região, para ajudar a todos, porque essa barbárie perpassa questões políticas. Neste momento de dor e sofrimento precisamos focar na pessoa humana, isso é a única coisa que importa”, disse o vereador.

Na reunião ocorrida com a cúpula da Secretaria de Segurança, incluindo o secretário Jefferson Portela, na sede da Igreja Quadrangular, no Mato Grosso, os moradores aproveitaram para agradecer a Câmara Municipal de São Luís, na pessoa do vereador Honorato, que tem prestado o auxilio necessário desde o registro do triplo assassinato.

Na tarde desta segunda feira(07), outra reunião com a cúpula da SSP, que também contou com a participação do vereador, e representantes das famílias e moradores, foi registrada no gabinete do secretário Jefferson Portela.

Na oportunidade, o secretário apresentou o resultado do trabalho que está sendo desencadeado, de forma ininterrupta, pelo Sistema de Segurança, com o propósito de elucidar o crime e prender todos os envolvidos, a fim de amenizar a dor dos familiares, que clamam por justiça.

comentários

comentários

Tags
Mostre mais

Postagens Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

Adblock Detected

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios