CotidianoMaranhão

“Fascistas e babacas”, diz presidente da Assembleia sobre autores de vídeo que tenta desqualificar nordestinos

Othelino disse que o vídeo lhe provocou repulsa, assim como em outros milhares de brasileiros, nordestinos ou não. “Só incautos acham que o alegre e trabalhador povo nordestino é um estorvo para o restante do país“,rebateu.

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, Othelino Neto, reagiu com indignação a um vídeo propagado em redes sociais em que quatro homens aparentemente bêbados proferem insultos contra nordestinos e tentam desqualificar os brasileiros nascidos nessa região, acusando-os de se beneficiar das riquezas produzidas pelos sulistas.

Em postagem em sua conta privada no Instagram, Othelino classificou o posicionamento do trio como de “mau gosto” e chamou os autores de “babacas” e “fascistas”.

Othelino disse que o vídeo lhe provocou repulsa, assim como em outros milhares de brasileiros, nordestinos ou não.

“Só incautos acham que o alegre e trabalhador povo nordestino é um estorvo para o restante do país“,rebateu.

O chefe do Poder Legislativo maranhense, que, a despeito do cargo relevante que ocupa e da sua representatividade, se pronunciou, acima de tudo, como cidadão, enumerou uma série de qualidades do Nordeste, dando ênfase às belezas naturais, com direito a imagens de algumas delas para ilustrar seu texto.

Mencionou, inicialmente, atrativos do Maranhão, como os Lençóis Maranhenses, a Floresta dos Guarás e o Delta do Parnaíba. Também citou tesouros da natureza situados em outros estados da região, a exemplo de Jericoacoara (Ceará), Porto Seguro e Pelourinho (Bahia), Maragogi (Alagoas) e Porto de Galinhas (Pernambuco).

Othelino Neto fez questão de lembrar que as riquezas naturais do Nordeste atraem milhões de turistas do sul do Brasil e de praticamente todo o mundo. E afirmou que prefere o jeito acolhedor do nordestino, “que sofre, mas levanta a cabeça em busca da felicidade”.

Também citou personagens históricos, poetas e ícones da música famosos, com talento reconhecido em todo o Brasil e elevados á categoria de patrimônios nacionais. Nessa célebre lista inclui Lampião, Luiz Gonzaga, João do Vale, Nauro Machado, Betânia, Caetano e Gil, Belchior, Fagner, Elba e Zé Ramalho.

Confira, na íntegra, a reação firme do presidente da Assembleia à manifestação de preconceito, finalizada apropriadamente com os versos de uma das músicas mais emblemáticas do cancioneiro popular maranhense – e nordestino:

Um vídeo de muito mau gosto, de viés fascista, feito por um grupo de babacas e divulgado nas redes, provocou repulsa em mim e em milhares de brasileiros, nordestinos ou não.

Só incautos acham que o alegre e trabalhador povo nordestino é um estorvo para o restante do país. 
Nós temos as mais encantadoras belezas naturais. Os Lençóis Maranhenses e a Floresta dos Guarás, o Delta do Parnaíba, Jericoacoara, Porto Seguro e o charme do Pelourinho. Maragogi, Porto de Galinhas…Visitados por milhões de turistas do sul do Brasil e tantos outros países.

Esse chão gerou Lampião, Luiz Gonzaga, nosso rei do Baião, João do Vale, Nauro Machado, Betânia, Caetano e Gil, Belchior, Fagner, Elba e Zé Ramalho e tantos outros talentos.

Sou mais o jeito acolhedor de nosso povo, que sofre mas levanta a cabeça em busca da felicidade. 
Ande no sertão do Ceará que, mesmo com a seca que atormenta, você sempre encontra um sorriso acolhedor. 
Somos um povo acolhedor e solidário. Sabemos, inclusive, reconhecer aqueles que muito fizeram para reduzir a pobreza em nossa região.

Aos estúpidos de plantão, deixo um trecho da canção Ilha Magnética, do poeta César Nascimento:

“Ah que ilha inexata quando toca o coração

Eu te toco, tu me tocas
Cá nas cordas do violão
E se um dia eu for embora
Para bem longe deste chão
Eu jamais te esquecerei
São Luis do Maranhão…”.

Bem-vindos ao Nordeste!

Abaixo, o vídeo repulsivo:

comentários

comentários

Tags
Mostre mais

Postagens Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

Adblock Detected

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios