MaranhãoPolítica

Chaguinhas diz que Bolsonaro fala com o cérebro desligado

Vereador de São Luís fez referências aos conflitos criados por Bolsonaro dentro do Palácio do Planalto

Em entrevista na manhã desta segunda-feira (18) na rádio Educadora AM 560, o vereador de São Luís, Francisco Chaguinhas (PP) fez uma análise sobre a crise política no governo de Jair Bolsonaro envolvendo o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno. De acordo com o vereador, o presidente Bolsonaro e os filhos estão cometendo erros graves à frente do comando do país.

Segundo Chaguinhas, é necessário que o presidente da República reveja suas ações que estão levando a uma crise política desnecessária.

“O presidente Jair Bolsonaro disse que iria sepultar a velha política do Brasil, mas pelo que tenho visto, enterrou apenas os corpos e ressuscitou alma e espírito que estão vagando no Palácio do Planalto. Temos 14 milhões de desempregados e vem Bolsonaro e o filho provocar uma crise que não existia em lugar algum, isso mostra que eles não estão preparados para conviver com o ‘mel’, eles ainda estão no samorá (própolis), eles precisam está preparados para conviver com o mel (executivo),ainda estão acostumados com o própolis (legislativo). Eles estão acostumados só com o própolis (estão muito azedos). É preciso que eles tenham cautela, estão assassinando a reputação, como fizeram com o ministro Gustavo Bebianno”, destacou Chaguinhas.

Chaguinhas fez outra crítica ao presidente da República. Segundo o parlamentar, falta postura política para Bolsonaro.

“Ele está se mostrando um rei que não tem sabedoria e não se preparou para administrar o Brasil. Parecem criadores de elefantes e agora estão trazendo os animais para a sala do Planalto”, disse Chaguinhas.

Chaguinhas-Priscila Petrus

comentários

comentários

Tags

Postagens Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo protegido.
Close

Adblock Detected

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios