Cotidiano

Família busca jovem arquiteto Maranhense desaparecido no Rio de Janeiro

Luiz Eduardo tinha passagem marcada do Rio para São Luís, mas não embarcou e desde então a família não consegue mais contato.

Família busca jovem arquiteto Maranhense desaparecido no Rio de Janeiro

Luiz Eduardo tinha passagem marcada do Rio para São Luís, mas não embarcou e desde então a família não consegue mais contato.

O jovem Luiz Eduardo está desaparecido desde o dia 31 de dezembro, quando a família conseguiu o último contato com ele, no Rio de Janeiro.

Ele deveria ter chegado a São Luís no início da madrugada de sexta-feira (03), em um voo da Gol, vindo de Brasília.

Pelas informações da família, ele nem chegou a embarcar no Aeroporto do Galeão/RJ, com destino a Brasília, onde houve a conexão para São Luís.

A mãe do jovem relata que o último contato com Luiz Eduardo foi feito na noite do dia 31 de dezembro.

Ele disse que estava bem, em algum lugar do Rio, e que estaria pensando em ir para Fortaleza. No entanto, a família comprou passagem para que ele voltasse a São Luís.

“Disse a ele que era melhor que retornasse a São Luís, e compramos a passagem para que embarcasse no Galeão.

Fui ao aeroporto, esperei todo mundo desembarcar, mas ele não veio. Fui ao balcão da Gol e informaram que ele não embarcou no Rio, com destino a Brasília, para conexão.

Até agora, não temos mais contato. O número do celular dele é do Canadá, mas ninguém atende”, relata a mãe, angustiada.

Antes de seguir para o Rio, o jovem estava com os pais em São Luís.
Luiz Eduardo estava fora do Brasil havia dois anos. Ele morou um ano na Irlanda, onde trabalhava.

Há um ano, ele estava residindo no Canadá, onde faz pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo, e veio ao Brasil para visitar os pais, que moram em São Luís.

De São Luís, sem conhecimento dos pais, ele embarcou para o Rio de Janeiro, onde visitaria um primo.

Antes de sair da capital maranhense, Luiz Eduardo foi deixado pelo pai em uma agência do Banco Itaú, onde teria feito um saque.

Neste fim de semana, a família já registrou o desaparecimento em um dos plantões de polícia em São Luís.

Nesta segunda, o caso será levado à Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP) e à Delegacia de Polícia Interestadual (Polinter), que deverá pedir apoio à polícia do Rio de Janeiro para tentar localizar Luiz Eduardo.

Quaisquer informações podem ser enviadas para os celulares (98) 981247007 e (98) 91947151.

 

comentários

comentários

Tags

Postagens Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

Adblock Detected

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios