Família no helicóptero: “Vou mandar ir de carro?”, rebate Bolsonaro

0
BOLSONARO-PRISCILA PETRUS

Após se recusar a responder uma pergunta de jornalistas, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) disse não ver nada de errado em usar o helicóptero da Força Aérea Brasileira (FAB) para levar parantes para o casamento de Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), no Rio de Janeiro.

Nessa sexta-feira (26/07/2019), o presidente chamou de “idiota” a pergunta da jornalista da Folha sobre o uso do helicóptero para transportar familiares.

“Eu vou responder. Eu fui a casamento do meu filho. A minha família ia comigo. Eu vou negar o helicóptero a ir para lá e mandar ir de carro? Não gastei nada do que já ia gastar”, justificou.BOLSONARO-PRISCILA PETRUS

Antes de participar de cerimônia no Rio de Janeiro, o presidente se mostrou irritado com a imprensa, segundo o jornal. “Só fazem pergunta esquisita. Irã, OMC, Mercosul, futuro do Brasil, Forças Armadas. Ontem [sexta-feira], lá [Em Goiânia]. Uma pergunta que pelo amor de Deus”, disse.

“Idiota”
Após participar da solenidade de formatura de aspirantes e oficiais da Polícia Militar de Goiás, em Goiânia, o presidente decidiu conceder uma entrevista a jornalistas presentes. No entanto, já na primeira pergunta, o chefe do Executivo se irritou com a pergunta e foi embora.

“Peraí… Dá licença, estou num evento militar, tem familiares meus aqui, prefiro vê-los a responder uma pergunta idiota para você. Tá respondido? Passa para outra. Outra pergunta, por favor. Vamos falar de Brasil e de Goiás. Já sei qual é tua pergunta”, disse o presidente, irritadíssimo.

uso da aeronave para transportar a família foi denunciado cerca de dois meses após o casamento de Eduardo com Heloísa Wolf pelo pelo deputado Paulo Pimenta, líder do PT na Câmara.

Um sobrinho do presidente, identificado como Osvaldo Campos, fez uma transmissão no Facebook com outros familiares para registrar o momento. O vídeo saiu das redes sociais.

comentários

comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui