MaranhãoPolítica

Fechamento de turmas multisseriadas em Anajatuba foi recomendação do MP

Uma veiculada na edição desta sexta-feira (13), do Bom Dia Brasil, da TV Globo, mostrou o fechamento de escolas

Uma veiculada na edição desta sexta-feira (13), do Bom Dia Brasil, da TV Globo, mostrou o fechamento de escolas no município de Anajatuba por falta de dinheiro. Acontece é que a reportagem produzida pelo jornalista Alex Barbosa, ignorou um detalhe: a proibição dessas unidades com turmas multisseriadas foi uma recomendação do próprio Ministério Público, conforme mostra documento ao qual o blog teve acesso.

De acordo com as informações, grande parte das unidades de ensino que estão fechadas, haviam agrupamento de estudantes da educação infantil e fundamental.

Por conta disso, o promotor de Justiça, Carlos Augusto Soares, emitiu recomendação à Secretaria Municipal de Educação de Anajatuba, a respeito de turmas multisseriadas.

Na recomendação, expedida em setembro de 2016, o promotor Carlos Augusto Soares justificou o pedido argumentando que o prefeito Sydnei Pereira (PCdoB), deveria cumprir a resolução do Conselho Nacional de Educação que proíbe o agrupamento de crianças da Educação Infantil e Ensino Fundamental na mesma sala de aula nas formações de turmas multisseriadas. No mesmo termo de audiência extrajudicial, o MP trata também de recomendações para realização de concurso público na cidade.

Encaminhando-se para o final da presente reunião, deliberou-se no sentido de que será realizado novo estudo no âmbito da Secretaria Municipal de Educação, prevendo a supressão de escolas de alguns povoados, a serem transferidas para a escola mais próxima, com a extinção das turmas multisseriadas para a escola mais próxima, a ser encaminhado a este órgão até o dia 20 de janeiro de 2017, para que se chegue a um consenso acerca o número de vagas a serem abertas para o provimento de concurso”, destaca trecho do documento em anexo.

comentários

comentários

Etiquetas

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios