Maranhão

Genival Alves discute com representantes do esporte amador incentivo ao setor em São Luís

O vereador Genival Alves (Republicanos) esteve, neste último fim de semana, na comunidade Pontal da Ilha, no bairro São Raimundo, oportunidade na qual conversou com os moradores e representantes do esporte amador acerca de mais incentivo, por parte do Poder Público, para o desporto.

Genival esteve acompanhado do deputado estadual Duarte Júnior, também do Republicanos.

Vale destacar que a reunião obedeceu todas as regras sanitárias estabelecidas pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Integrantes do projeto Saúde na Comunidade, criado pelo parlamentar em 2017, ficaram responsáveis em executar os protocolos de saúde, como disponibilização de álcool em gel, distância mínima entre os participantes e medição da temperatura, por exemplo.

O vereador ratificou o seu compromisso de continua lutando por mais recursos para o desporto ludovicense.

Genival é autor de projeto de lei, que está tramitando nas Comissões Temáticas da Câmara Municipal, que cria o Fundo Municipal de Esporte e Lazer, mecanismo que visa garantir recursos da Prefeitura para investimentos em ações promovedoras de atividades esportivas em diversas regiões da capital maranhense.

A proposta prevê que 25% do total anual das emendas parlamentares seja destinado para o Fundo. Determina, ainda, que 10% do valor referente ao IRRF dos servidores municipais seja aplicado em ações direcionadas ao desporto. Também sugere que 2.5% sobre os valores recebidos pelo Município provenientes dos royalties do petróleo sejam aplicados no Fundo.

A iniciativa de Genival, assim como a sua disposição em dialogar com a população, foi bastante elogiada pelos participantes do encontro.

“Vereador Genival é um político que está presente nas comunidades, dialoga permanentemente com o cidadão e propõe benefícios concretos para a sociedade. É um orgulho para mim poder acompanha-lo nesta caminhada”, disse Duarte Júnior.

“É a disposição do parlamentar em tratar e cuidar de um setor abandonado e que sobrevive à base de sacríficos daqueles que se dedicam e o fazem por amor ao esporte”, comentou Penharou Kaxangas.

comentários

comentários

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios