Juíza impede visita de amigos para Lula

0
Dilma-Priscila Petrus

O indeferimento de todos os pedidos de visitas de amigos do ex-presidente Lula por parte da juíza responsável pela execução penal prova mais uma vez a prisão política de Lula e que ele tem seus direitos individuais violados. Dilma-Priscila Petrus

A juíza indeferiu o pedido de visita da presidenta eleita Dilma Rousseff, da presidenta do PT, Gleisi Hoffmann, do  ex-ministro Ciro Gomes, do presidente do PDT, Carlos Lupi, de nove governadores de estado, além do prêmio Nobel da Paz e ativista argentino Adolfo Pérez Esquivel e do teólogo Leonardo Boff.

De acordo com o artigo 41 da lei nº 7.210, de 11 de julho de 1984, parágrafo X, constituem direitos do preso a “visita do cônjuge, da companheira, de parentes e amigos em dias determinados”, no caso do ex-presidente, este direito vem sendo usurpado sem nenhum tipo de ônus para a juíza. Lula está isolado há 16 dias em uma cela no prédio da Polícia Federal de Curitiba e impedido de receber visitas dos seus amigos.

O capítulo triste que vem sendo escrito na história do Brasil tem requintes de crueldade. O líder de todas as pesquisas para a Presidência da República foi encarcerado sem provas e agora é privado de um direito garantido desde antes da Constituição de 1988 e por tratados internacionais de que o Brasil é signatário.

comentários

comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui