NegóciosPolítica

Ministro Roberto Barroso pronuncia palestra na Universidade Ceuma nesta sexta-feira (18)

Barroso ministra palestra em São Luís

Ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, considerado um dos mais polêmicos membros daquela Corte, vem a São Luís nesta sexta-feira (18), a convite da Universidade Ceuma (Uniceuma), para proferir uma palestra sobre os trinta anos de promulgação da Constituição Federal, que Ulisses Guimarães, que presidiu a Assembleia Nacional Constituinte, chamou de Constituição Cidadã.Ministro-Priscila Petrus

O evento será realizado a partir das 10h, na unidade do bairro do Renascença, devendo reunir uma grande plateia, formada principalmente de professores e estudantes de Direito, advogados e outros interessados no tema.

Roberto Barroso deve falar dos avanços conseguidos após a entrada em vigor da Carta Magna, bem como deve opinar sobre que medidas precisam ser tomadas para que ela passe a ser cumprida plenamente no sentido de dar um melhor ordenamento jurídico ao país. O ministro tem sido um dos que mais têm feito interpretações polêmicas da Constituição.

O evento faz parte da programa dos 28 anos de fundação da Universidade. Segundo o seu diretor Clóvis Fecury, até o final do ano, a cada mês será chamada uma grande personalidade do meio jurídico para proferir palestra na instituição.

(Com dados do blog Conversa Franca)

comentários

comentários

Etiquetas

Artigos Relacionados

Um Comentário

  1. Não concordo com o texto da matéria quando se diz que o ministro Luis Roberto Barroso é “considerado um dos mais polêmicos membros daquela corte”. Polêmico porquê? Essa expressao “polemico” tem.um.sentido pejorativo, o que não se aplica ao ministro Barroso, que é um dos mais éticos do STF, passando uma imagem de seriedade e honradez. Polêmico é o Gilmar Mendes que decide sempre contra o interesse da sociedade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios