Prefeito Eduardo Braide anuncia abertura de mais 30 leitos exclusivos para Covid-19 em São Luís

0
https://g1.globo.com/ma/maranhao/noticia/2021/02/26/desde-o-inicio-da-pandemia-5012-pessoas-ja-morreram-por-covid-19-no-maranhao.ghtml
https://g1.globo.com/ma/maranhao/noticia/2021/02/26/desde-o-inicio-da-pandemia-5012-pessoas-ja-morreram-por-covid-19-no-maranhao.ghtml

O prefeito Eduardo Braide anunciou, no início da manhã dessa sexta-feira (26), a abertura de 30 novos leitos exclusivos para o tratamento da Covid-19, em São Luís.  Desse total, são 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 20 leitos de enfermaria disponibilizados no Hospital Universitário da Universidade Federal do Maranhão – Unidade Presidente Dutra (HUUFMA). Os leitos já começaram a receber pacientes já na noite de quinta-feira (25). Até o início da manhã de ontem, a unidade hospitalar já havia recebido dois pacientes em leitos de UTI e um na enfermaria. Os 30 novos leitos contam com equipe multiprofissional mantida pela Prefeitura para atender aos pacientes e equipamentos como respiradores e ventiladores bem como cilindros de oxigênio para dar todo o suporte a quem necessita.

Na próxima semana, serão entregues mais 10 leitos de UTI no Hospital Universitário, e 30 leitos de Suporte Avançado na Unidade Mista do Bequimão, além de um ambulatório de atendimento pós-Covid na unidade. A entrega faz parte do Plano Municipal de Enfrentamento às Síndromes Respiratórias por meio do qual a Prefeitura de São Luís ofertará 120 leitos exclusivos para o tratamento dos pacientes infectados pelo coronavírus.

O prefeito Eduardo Braide garantiu que a Prefeitura de São Luís tem feito sua parte para evitar superlotação nas unidades de saúde e garantir atendimento a todos que precisarem.

“Temos avaliado a curva da doença em nossa cidade e tomado as medidas necessárias para combatê-las. Vamos entregar até a próxima semana, 120 leitos para atender exclusivamente os pacientes com Covid-19. Se for preciso, já temos um planejamento pronto para abrir novos leitos. Além disso, estamos disponibilizando unidades de saúde exclusivas para a população buscar atendimento para as síndromes gripais leves. Já temos o Centro de Saúde Carlos Macieira, no Sacavém, e entregaremos mais quatro. E seguimos avançando com o Plano Municipal de Vacinação e outras medidas de combate à pandemia”, disse.

A entrega de leitos faz parte do Plano Municipal de Enfrentamento às Síndromes Respiratórias

Dos 120 leitos a serem entregues, 80 já estão em funcionamento. A prefeitura abriu 50 leitos exclusivos para atendimento a pacientes com casos moderados e graves de Covid-19 no Hospital da Mulher, que foi definido como a unidade de referência da rede municipal de saúde para o tratamento destes pacientes. Os leitos se dividem em 30 de enfermaria, 10 de UTI e 10 de Suporte Avançado.

Na Unidade Mista do Bequimão, será entregue o Ambulatório de Promoção e Reabilitação em Saúde para Pacientes, Familiares e Profissionais de Saúde. O objetivo deste serviço é garantir tratamento para as possíveis sequelas da doença nos pacientes recuperados, além de assistência para os traumas aos familiares e profissionais de saúde durante o processo de tratamento.

O prefeito Eduardo Braide destaca que a população também tem papel fundamental no combate à doença. “A população precisa manter todas as medidas sanitárias recomendadas pelas autoridades médicas, evitando aglomerações, mantendo o uso obrigatório de máscaras, a higienização das mãos e o uso de álcool em gel. Estas medidas valem, inclusive, para quem já recebeu as duas doses da vacina”, frisou.

Atendimento à Síndromes Gripais Leves

Também já está em funcionamento o primeiro dos cinco centros municipais de atendimento às síndromes gripais leves disponibilizados para a população de São Luís. A unidade fica localizada no Centro de Saúde José Carlos Macieira, na Avenida dos Africanos, Sacavém. O local conta com equipe médica multidisciplinar para atender os pacientes que forem até o local desde o acolhimento, triagem, encaminhamento e acompanhamento até sua completa recuperação. As outras quatro unidades ficarão localizadas na Zona Rural, Cidade Operária, Bairro de Fátima e área Itaqui-Bacanga e devem iniciar os atendimentos nos próximos dias.

Os 30 novos leitos de UTI e enfermaria foram disponibilizados no Hospital Universitário Presidente Dutra

Veja mais assuntos: https://g1.globo.com/ma/maranhao/noticia/2020/10/01/maranhao-registra-631-novos-casos-da-covid-19-e-10-mortes-uma-delas-nas-ultimas-24h.ghtml

Leia também: https://priscilapetrus.com.br/acao-de-sanitizacao-na-feira-do-joao-paulo-e-realizada-com-apoio-do-vereador-dr-gutemberg/

comentários

comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui