MaranhãoPolítica

Prefeitura implanta melhorias no Socorrão II que passa a ter mais uma ala com leitos de UTI

Abertura de novas vagas na Unidade de Terapia Intensiva é reflexo da política da gestão do prefeito Edivaldo para a área da saúde municipal e influencia positivamente no funcionamento de toda unidade hospitalar

[dropcap]D[/dropcap]esde a primeira quinzena deste mês, a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Municipal Dr. Clementino Moura, o Socorrão II, conta com novas vagas implantadas pela gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior como parte das ações de reestruturação do sistema de saúde de São Luís. A nova ala na UTI dinamiza o atendimento hospitalar de urgência e emergência voltado à população ludovicense e maranhense, já que o pronto-socorro recebe pessoas de todo o Estado.

prefeitura-Priscila Petrus
Nova ala da UTI do Socorrão II desafoga atendimento na unidade de saúde

 

“A gestão do prefeito Edivaldo tem empreendido grande esforço para atender às demandas da população e ofertar a cada dia mais serviços e com mais qualidade. Apesar de todas as dificuldades e crise na saúde pública em escala nacional, São Luís tem avançado e essa nova ala, com oito leitos disponíveis, com toda certeza agilizará o atendimento de urgências e emergências. É um avanço na medida em que, em outros municípios e unidades da Federação, o que se observa são unidades fechando as portas, causando grandes transtornos para pacientes e familiares”, destaca o secretário municipal de Saúde, Lula Fylho, durante visita esta semana às novas instalações do Socorrão II.

Durante a visita, Lula Fylho conversou com a equipe de médicos e enfermeiros na nova ala e ressaltou que o hospital, que já disponibilizava 19 leitos, agora, com os oito recentemente colocados em atividade, terá 27 leitos de UTI funcionando plenamente.

“Seguindo orientação do prefeito Edivaldo estamos trabalhando em todas as frentes, temos agora mais esses leitos da Unidade de Terapia Intensiva e vamos ampliar também os leitos clínicos, da estabilização e da ala vermelha. Atualmente no hospital temos obras executadas exclusivamente pela Prefeitura e outras em parceria com o Governo do Estado”, garantiu o secretário.

A diretora geral do hospital, Dorinei Câmara, relata que as novas vagas já ajudaram a melhorar a rotina na unidade. “Os pacientes que hoje ocupam os novos leitos, estavam na Ala Vermelha do Socorrão II. Quando foram remanejados, folgou a área e outros doentes puderam ocupar os leitos vazios, desafogando outras áreas do hospital. Acreditamos que a tendência, com o avançar das reformas, é que todo o atendimento seja aliviado”, explica a gestora.

Antes da nova ala, o hospital mantinha em funcionamento duas outras, ‘A’ e ‘B’. Coordenadora da UTI do Socorrão II, Sarah de Serra, revela que a Unidade de Terapia Intensiva do hospital recebe pacientes graves de vários municípios e o fato de ganhar mais vagas, fará toda a diferença no tratamento dos doentes. “Essa ampliação vai refletir positivamente na saúde de todos os pacientes”, esclarece a servidora.

PROJETO LEAN NAS EMERGÊNCIAS

Todas as reformas na unidade de saúde fazem parte de amplo projeto de modificação de fluxos e serviços de urgência no Hospital Municipal Dr. Clementino Moura. Para a execução dessa iniciativa, a Prefeitura de São Luís conta com a consultoria de uma equipe do Hospital Sírio Libanês, por meio do projeto Lean nas Emergências que faz parte do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do SUS (PROADI-SUS) para o triênio de 2018 a 2020. A iniciativa visa promover melhorias no atendimento hospitalar de urgências e emergências da população brasileira que utiliza o sistema público de saúde.

“O que fizemos no Socorrão II não foi só abrir oito novos leitos na UTI, mas otimizar o fluxo para que se tenha cada vez menos pacientes nos corredores e para que as pessoas que se encontram com a saúde precisando de tratamento, demorem cada vez menos tempo na unidade de saúde, por conta dessa otimização que influenciará diretamente em um pronto restabelecimento”, informa o secretário municipal de Saúde.

A ideia é que, por meio do assessoramento técnico de especialistas do Hospital Sírio-Libanês, o Socorrão II seja um hospital de maior eficiência no atendimento, com maior qualidade nos serviços e resolutividade para quem precisar da unidade de saúde, tanto em São Luís, como por parte de outros municípios do Maranhão.

As obras que resultaram na nova ala de UTI do hospital foram iniciadas em outubro de 2018. A Prefeitura de São Luís pretende realizar obras de reforma na unidade durante todo o ano de 2019, além da aquisição necessária de equipamentos e produtos imprescindíveis para um atendimento devidamente adequado aos pacientes que procuram atendimento no pronto-socorro.

 

comentários

comentários

Tags

Postagens Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo protegido.
Close

Adblock Detected

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios