Parque Ambiental Alumar lança livro infantil escrito por crianças das comunidades rurais

0

Em uma iniciativa inovadora, o Parque Ambiental Alumar mergulhou no universo da literatura infantil e lançou, no dia 28 de junho, a obra “Meu Primeiro Livro”, de autoria de 16 alunos do 5º ano das escolas municipais das comunidades vizinhas à fábrica. O projeto editorial é resultado de um ano de trabalho que englobou vivências no Parque Ambiental, produção textual, seleção e edição do livro.

Durante esse período, cerca de 500 estudantes, das sete unidades escolares da área rural visitaram o Parque Ambiental Alumar e foram incentivados a participar do projeto. Além de proporcionar às crianças a oportunidade de desenvolver suas habilidades literárias, a publicação buscou aproximá-las de temáticas como educação ambiental e sustentabilidade, como forma a despertá-las para práticas do dia a dia nas comunidades.

Para produzir a obra, os alunos puderam explorar a sua criatividade e expressar as suas experiências no ambiente do Parque”, disse o Gerente Geral de Relações Institucionais, Comunicação e Sustentabilidade da Alumar, Daniel Florenzano. Foram contemplados para publicação no livro, estudantes das escolas UEB Rosilda Cordeiro, UEB 21 de Abril, UEB Evandro Bessa e UEB Uruati.
Ao mencionar o potencial positivo do projeto e a sua ação multiplicadora nas comunidades, o Gerente citou o “Meu Primeiro Livro” como um exemplo do modo que as empresas podem contribuir para “a educação e o desenvolvimento social das comunidades em que atuam”.

Ana Clara, 11 anos, foi uma das autoras da publicação. Ela, como os outros escritores mirins, estava deslumbrada com a experiência. “Estamos muito orgulhosos e animados a continuar escrevendo e lendo muito”, disse ela. Mas, como as crianças, as famílias e a comunidade escolar embarcaram na jornada dos autores e aproveitam para multiplicar boas ações, que valorizam o meio ambiente. “Eles nos ajudam em atitudes mais conscientes, como não jogar papel na rua, até dizem para guardarmos na bolsa, enquanto não achamos um lixo”, comentou Carliane Silva, mãe do Breno Augusto. Já a gestora da UEB Evandro Bessa, Carmelita Vale, a iniciativa contribuiu para incentivar as discussões sobre o meio ambiente. “Como moradores das áreas rurais, a iniciativa da publicação foi mais uma oportunidade para colocarmos o tema na rotina da escola “, afirmou.

O lançamento contou com a presença de diversas lideranças da Alumar, do assessor especial da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais, Diego Ricci, da superintendente de educação do município, Francisca Marques, familiares dos autores e autoras mirins. A iniciativa foi elogiada por todos os presentes, que destacaram a importância do projeto para o desenvolvimento das crianças e para a conscientização sobre o valor da preservação do meio ambiente. Além dos selecionados para a produção editorial, foram envolvidas no projeto a UEB Salomão Fiquene, UEB Nossa Senhora de Nazaré e UEB Hortência Pinho.

Parque ambiental Alumar mais presente nas comunidades
Para além de um santuário ecológico, localizado dentro de um complexo industrial, com 2.040 hectares de mata preservada, o Parque Ambiental Alumar figura como um importante núcleo de desenvolvimento sustentável, dedicado a oferecer e incentivar práticas de educação ambiental, pesquisas científicas e lazer para a comunidade de São Luís. As atividades são realizadas pela equipe de educadores da unidade ecológica, que recebem, ao longo ano, visitantes externos e colaboradores da fábrica.
Ainda, com o objetivo de promover e fortalecer a cultura de preservação e sustentabilidade, o Parque tem marcado presença em diversas feiras e exposições de instituições sociais, privadas e públicas, a exemplo da 2ª Feira do Meio Ambiente, realizada pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema). Nessas ocasiões, conta com a participação especial dos colaboradores voluntários do Consórcio que apresentam, ao público visitante, uma mostra das atividades do Parque Ambiental, rica em ações interativas, doações de mudas e brindes. Em maio e junho, o Parque Ambiental também esteve no SESI Escola, na FIEMA e no Congresso Brasileiro de Advocacia Ambiental, Promovido pela OAB-MA, realizando oficinas de educação ambiental e apresentando as atividades realizadas pelo Parque. Ao todo, cerca de 3 mil pessoas foram atendidas.
O Parque Ambiental da Alumar é aberto à visitação pública e recebe grupos de terça à quinta-feira. O agendamento pode ser realizado por meio do whatsapp (98) 98252-0038.

Sobre a Alumar
O Consórcio de Alumínio do Maranhão – Alumar é um dos maiores complexos industriais de produção de alumina e alumínio do mundo. Inaugurado em julho de 1984, é formado pelas empresas Alcoa, Rio Tinto e South32 e desempenha um papel importante no Maranhão. Cerca de 90% de seus colaboradores são maranhenses, além de contar com centenas de fornecedores locais.
O sistema de gestão da Alumar é integrado e engloba gestões de qualidade, saúde, segurança e meio ambiente estabelecido com base nas normas NBR ISO 9001, NBR ISO 14001 e NBR ISO 45001. Em 2019, obteve a certificação ASI (Aluminium Stewardship Initiative), o mais importante Selo de Sustentabilidade na cadeia de valor do alumínio.

comentários

comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui