CotidianoMaranhãoPolítica

Saiba como recuperar o crédito após limpar o CPF no SPC/Serasa

Cinco dicas para você que deseja voltar a possuir crédito no mercado financeiro após resolver suas inadimplências no CPF. Confira!

Ter o nome sujo em órgãos de proteção ao crédito, como o SPC e Serasa, pode significar uma grande dor de cabeça para o cidadão. Entretanto, mais de 63 milhões de brasileiros se encontram na situação de negativado. Desse modo, muitos deles se perguntam: como conseguir limpar meu nome e voltar a ter direito ao crédito?

Uma das alternativas para responder a esse questionamento é contar com a ajuda do Feirão Limpa Nome, na qual é possível que o cidadão renegocie sua dívida para ter o CPF retirado da lista de negativado.

Porém, a situação mais complicada não é a de retirar o nome da lista do SPC e Serasa, mas sim voltar a conseguir a aprovação de crédito dentro do mercado financeiro. Essa situação ocorre devido ao receio que as financeiras possuem de emprestar capital para pessoas que já foram inadimplentes.

Pensando nisso, listaremos cinco dicas para quem deseja voltar a possuir credibilidade dentro do mercado, para que dessa forma, seja possível aumentar as chances de conseguir crédito.

Aguardar um tempo mínimo

Pode parecer uma dica simples, porém, é uma ação de suma importância ignorada por grande parte dos antigos negativados. Dessa forma, assim que a dívida for quitada, é recomendado que o cidadão tenha paciência e aguarde, no mínimo, 6 meses para uma nova solicitação de crédito.

Além disso, é necessário que o indivíduo não faça novas dívidas durante esse período e pague as contas em dia para aumentar a sua pontuação no score do Cadastro Positivo.

Utilizar a Comprovação de Renda

Quem desejar pedir um empréstimo, pode utilizar da comprovação de renda para comprovar a possibilidade de pagar a quantia solicitada. Essa ação se torna essencial para indivíduos que se mantiveram negativados por um tempo.

Além disso, é possível também apresentar a Declaração do Imposto de Renda como modo de comprovar a quantia recebia anualmente. A apresentação da declaração se torna ainda mais útil e importante caso o solicitante seja um trabalhador autônomo.

Confira: Correios oferece conta digital com cartão de crédito para negativados no SPC/Serasa.

Esquecer antigos credores

Para maiores possibilidades de conseguir o crédito, é importante que o consumidor deixe de lado por um bom tempo os seus antigos credores. Ou seja, a possibilidade de ter sua solicitação de crédito aprovada será maior em bancos e financeiras na qual o cidadão não possua um histórico de inadimplência.

Desse modo, vale a pena buscar opções diferenciadas e que presentem uma burocracia mais branda para a concessão de créditos e empréstimos. Assim, será mais provável obter sucesso na solicitação.

Solicitar crédito de moderadamente

Uma das piores atitudes que uma pessoa que está tentando retornar ao mercado financeiro pode ter é: solicitar incessantemente cartões de crédito e empréstimos em diferentes financeiras sem a verdadeira necessidade.

Essa atitude faz com que os bancos percebam que o cidadão está desesperado financeiramente, ou até mesmo tentando cometer algum golpe. Desse modo, a ação natural das financeiras é negar o crédito solicitado e ficar atento ao nome e CPF do consumidor.

Além disso, não é recomendável pedir constantemente a solicitação de cartões de crédito para diversos bancos após respostas negativas. Assim, a constante reprovação na análise de crédito pode fazer com que o score do consumidor diminua, complicando o retorno com credibilidade ao mercado financeiro.

Realize o pagamento das contas em dia

Essa é a principal dica para quem deseja voltar a ter credibilidade com os bancos. O jeito mais simples e mais eficiente para ter direito novamente ao crédito é pagando todas as contas em dia e, por vezes, adiantando alguns pagamentos.

Assim, é recomendado que o consumidor coloque contas recorrentes e importantes em débito automático, como: conta de energia, conta de água e serviços de internet e telefone. Outra medida é realizar compras à vista, de movo a conseguir um bom desconto e evitar preocupações com o pagamento de futuras parcelas.

Dessa forma, o cidadão não se deixa esquecer de pagar as contas e evita que seu nome caia novamente nas listas dos órgãos de proteção ao crédito. Com essas medidas, a expectativa é que a imagem do antigo inadimplente fique cada vez mais positiva no mercado financeiro.

comentários

comentários

Etiquetas

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios